segunda-feira, janeiro 12, 2009

FRANZ FERDINAND::::TONIGHT


Os meus prazeres da vida...a música, claro, é um deles..maior ainda quando ouço um disco que me enche a alma! É chocante para alguns seres deste planeta que afirme, passado algumas audições, que este novo álbum dos Franz Ferdinand é, provavelmente, do melhor que ouvi desde "Is This It" dos Strokes, um dos meus discos marcantes. É esta a minha maneira de ouvir música, não tenho culpa que o meu coração acelere a sua velocidade de batimento quando entro em "Tonight". Seria injusto que assim não fosse..ouvir o excelente trabalho de Paul Thomson, o brilhante baixista da banda, outro sentimento não me podia passar. O som dos escoceses está mais carnal, mais dançante e apresenta uma melhor e inovadora conjugação de rock e electrónica. O rock é influenciado pelas bandas da década de 60, os teclados são da colheita de 70 com cheirinho a 80, por vezes a fazer acreditar que foram emprestados por uns Duran Duran e a maquinaria electrónica é verdadeiramente actual e fresca. A todos estes condimentos ainda se junta um baixo incrivelmente cheio de vida que torna o som dançante e irresistível.
Vamos então aos nomes, "Send Him Away " é a faixa cinco e o álbum já vai quente quando damos com este primeiro "aparente" abrandamento que se torna explosivo lentamente. Mas é a partir daqui que vem o melhor dos Franz Ferdinand com "Live Alone", "Bite Hard", "What She Came For", "Can't Stop Feeling" e ainda "Lucid Dreams". Tudo canções certeiras com toda a intenção de fazer fervilhar sentimentos.
Mais um belo trabalho que veio, uma vez mais, mostrar porque é que estes rapazes são especiais e vão fazer a história desta primeira década do novo século.

6 comentários:

O Astronauta disse...

Concordo em absoluto. "Tonight" é um disco do caraças. Há pelo menos uns 3 ou 4 temas que têm de ser single.
Os Franz já se enganaram, mas nunca enganaram...

Abraços

Filipe disse...

Também concordo. Há algum tempo que uma banda não me surpreendia pela positiva desta maneira. Apesar de gostar muito deles, não estava assim com grandes expectativas em relação a isto, mas enganei-me. :)

gonn1000 disse...

Também o tenho ouvido mas ainda não me rendi. Até agora só destacaria "Lucid Dreams".
Bons sons

Poppe1 disse...

Quem vibra com música sabe do que falas.
Há alturas em que ficamos "fora de nós" imediatamente. Tudo encaixa bem e soa ainda melhor.
O ano que passou aconteceu-me isso quando ouvi o álbum dos Plantlife.
Ainda bem que assim é.

Um abraço

Bruno Martins disse...

Muito bem!
Só uma correcção menor... o baixista é o Bob Hardy.
Um abraço!

playlist disse...

Bruno, obrigado pela correção!

Abrc.